Cinco + maiores gafes do Oscar

Sabe quando alguém comete um erro que causa uma situação chata, desconfortável e você sente aquela vontade de cavar um buraco e se esconder?! Tem gente que chama de “vergonha alheia”… Então, é sobre isso que eu escolhi falar hoje! Semana passada eu escrevi sobre os mais premiados do Oscar e durante a minha pesquisa encontrei vários artigos falando das maiores GAFES do Oscar! Obviamente que todos nós morremos de vontade de estar presente em uma das cerimônias mais importantes do cinema, mas não em situações como essas, é claro! Vocês já vão entender melhor… escolhi as CINCO + constrangedoras situações ocorridas na história do Oscar para compartilhar com vocês!  Aí vai…

1934 – Uma das primeiras gafes aconteceu em 1934, quando Will Rogers anunciou o Oscar de melhor direção e, ao invés de dizer o nome do vencedor, disse apenas: “Venha buscar, Frank”. Frank Capra, que estava concorrendo por ‘Dama por um Dia’ se levantou sorridente, cumprimentou os amigos e subiu ao palco, sem saber que na verdade o vencedor era Frank Lloyd, pelo filme ‘Cavalgada’…

1943 –  No Oscar de 1943, Humphrey Bogart era um dos favoritos à estatueta de melhor ator por seu papel em ‘Casablanca’ e foi receber o prêmio segundos antes de anunciarem o verdadeiro vencedor: Paul Lukas. Percebendo o erro, parou em pé e começou a aplaudir, mesmo com todos os outros convidados sentados em suas cadeiras…

1952 –  Um dos momentos mais engraçados do Oscar aconteceu em 1952, quando Shelley Winters, que disputava o Oscar por ‘Um Lugar ao Sol’, levantou e correu ao palco antes do apresentador Ronald Colman anunciar a vencedora. Ao perceber que a premiada foi Vivien Leigh, por ‘Uma Rua Chamada Pecado’, Vittorio Gasman, marido de Shelley, tentou evitar um constrangimento e puxou o vestido da mulher de uma vez, fazendo com que os dois caíssem no chão.

1975 – O excesso de confiança de Steven Spielberg o fez cometer uma das piores gafes de sua carreira. Achando que seria premiado por Tubarão, em 1976, o veterano diretor contratou uma equipe de câmeras para filmar sua reação. O vencedor, no entanto, foi Milos Forman, por ‘Um Estranho No Ninho’. Spielberg não escondeu a decepção e lamentou com as mãos na cabeça e olhar cabisbaixo.

1989 – No Oscar de 1989, um número musical frustrante foi mostrado para a platéia. A atriz Eileen Bowman subiu ao palco vestida de Branca de Neve, fez um dueto desafinado com Rob Lowe e se uniu com outros artistas para mostrar o que seriam “os vencedores dos Oscars futuros”. Nenhum dos atores apresentados no palco foi indicado posteriormente. Depois disso, a Disney processou a Academia por não pagar os direitos do uso da imagem de Branca de Neve.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: