Cinco + cachorros adoráveis do cinema

cachorrinho

A ideia desse cinco mais é escolher cachorros que não são o centro da história, por isso não iremos encontrar Lassie, Beethoven, Benji e Marley por aqui. A  ideia é colocar cinco animais tão adoráveis que conseguem roubar a cena, mesmo não sendo um filme focado para eles.

O Artista

Entre os tempos de cinema mudo, tanto o cão, quanto o protagonista são grandes artistas.  Com o cinema sonoro entrando no mercado, o cinema mudo decaí, e em consequência, os atores do mesmo também. O sucesso do personagem do cachorro pode ter entrado em decadência, mas nada disso impede que nós nos apaixonemos cada vez mais por ele ao longo do filme.

As Aventuras de Tintim

Nos desenhos que muitos assistiam na televisão, Milu, o fiel ajudando de Tintim já havia cativado o coração de muita gente. Mas  mesmo para quem não chegou a acompanhar na televisão,  a versão por lançada em 3D em fez com essas pessoas também se simpatizassem com esse valente cão.

Up –Altas Aventuras

Aqui nós temos um cachorro que nos rendeu várias risadas.  Dug, um golden retriver, na história, pertence ao vilão, mas como é uma criatura dócil por natureza, não consegue fazer mal a ninguém.  Ele tem uma coleira que o permite falar, e o que o deixa ainda mais engraçado é que sua voz é extremamente humana e natural, o que contradiz com o seu dialogo, que é exatamente o que você imaginaria que sairia da boca do seu próprio cachorro. Na minha casa, o termo “cone da vergonha” foi adquirido!

Melhor é Impossível

Se um homem neurótico, grosso, com problemas sociais se apaixonou por esse cachorro, tudo indica que o mesmo acontecerá com você.  Em um assalto, um homem gay que vivia sozinho com o seu cachorro é espancado pelo assaltante e sem ter quem cuidar, esse personagem peculiar fica encarregado de ficar com ele enquanto o verdadeiro dono está no hospital.

Beginners

Como se não bastasse esse cachorro simpático não conseguir ficar longe do dono, ele também compartilha seus pensamentos. O dialogo do cachorro chamado Arthur, é feito através de legendas, sem que o cachorro tenha que realmente falar, o que, em vez de o humanizar, o deixa ainda mais adorável. O filme Beginners conta a história de um homem, chamado Oliver que acabou de perder o seu pai, que há pouco tempo e já em uma idade avançada, havia saído do armário. Arthur, um Jack Russel, entra nessa história, pois era o fiel companheiro do pai de Oliver, que com a sua morte, foi adotado pelo filho.

Comments
4 Responses to “Cinco + cachorros adoráveis do cinema”
  1. Carol disse:

    muita fofura pra um post só🙂

  2. Bianca Matteucci disse:

    AWNNNNNNNN

  3. Ana disse:

    Adoráveis mesmo! Queria um dessses pra mim!Difícil escolha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: